Segunda contratação mais cara da “era Petraglia”, o meia Felipe Gedoz tem contrato com o Athletico até o final de janeiro de 2020. Emprestado ao Vitória em 2019, o jogador está de férias após o término da Série B e não veste mais a camisa atleticana.

Com 33 jogos e nove gols no Furacão entre 2017 e 2018, Gedoz não joga pelo clube desde a vitória por 3 a 0 sobre o Newell’s Old Boys, da Argentina, pela Sul-Americana, em abril do ano passado, na Arena da Baixada.

+ Leia mais: Athletico vai com time alternativo pro jogo contra o Avaí

O técnico era Fernando Diniz, atualmente no São Paulo, e o jogador atuou por somente 12 minutos da partida. Comprado por € 1,5 milhão, aproximadamente R$ 5 milhões por 50% dos direitos econômicos, a passagem do atleta pela Baixada foi de prejuízo ao Athletico.

Em uma conta rápida, o “custo Gedoz” foi de aproximadamente R$ 115 mil por partida ou R$ 550 mil por gol, sem contar os salários, que ultrapassam os R$ 100 mil mensais.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Apesar de querido pela torcida e de demonstrar qualidade técnica elevada, com boas cobranças de falta e batidas de longa distância, o fator extracampo pesou contra Gedoz, que acabou lutando para manter a forma física e se adequar aos rígidos padrões do CT do Caju.

Gedoz foi contratado em janeiro de 2017, do Club Brugge, da Bélgica, como a segunda contratação mais cara da história do clube. Ele está atrás apenas do atacante Santiago “El Morro” Garcia, trazido, à época, por R$ 7 milhões, na gestão de Marcos Malucelli.

Em 2019, com a contratação de Abner Vinícius, da Ponte Preta, Gedoz passou a ser o terceiro mais caro da história do Furacão.

Sem sucesso pelo Athletico, Gedoz subiu na Série B com o Goiás em 2018 para a elite do futebol brasileiro, com quatro gols em 18 partidas, e ajudou o Vitória a se livrar do rebaixamento neste ano, com cinco gols em 27 jogos.

O time baiano, inclusive, tem interesse em mantê-lo para 2020, mas precisa negociar o salário após o término com o Furacão, que paga uma parte do vencimento.

A imprensa uruguaia fala de um interesse do Peñarol. Na Colômbia, o interessado no atleta é o Junior Barranquilla. O valor de mercado de Gedoz, segundo o Transfermarkt, é de € 1 milhão, mas ele fica livre e sem custos ao término do contrato.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico confirma Eduardo Barros como treinador do Aspirantes
+ Advogado de Rogério Ceni se reúne com diretoria do Athletico