O Athletico realizou nesta segunda-feira (3) os últimos testes de Covid-19 no elenco e comissão técnica para a decisão do Paranaense. O clube seguirá o mesmo procedimento desde o retorno do torneio e não divulgará o resultado dos exames.

Nesta quarta-feira (5), o Furacão joga pelo empate para ser campeão contra o Coritiba, no Couto Pereira, após vencer o primeiro jogo na Arena da Baixada por 1 a 0. Se perder por um gol de diferença, a disputa vai para os pênaltis.

Apenas os reservas foram a campo no CT do Caju. Os titulares realizaram trabalho interno de recuperação física. A principal dúvida é o atacante Guilherme Bissoli, que passou por exames após ser substituído no intervalo do Atletiba com dores musculares na coxa esquerda.

O Athletico faz mistério sobre a condição do camisa 9 e deve divulgar os relacionados apenas no dia da final. O mistério também está sendo usada pelo rival Coritiba. Bissoli é o artilheiro do Paranaense com seis gols, ao lado de Pedrinho, também do Furacão e de Lucas Tocantins, do FC Cascavel.

Caso Bissoli não tenha condições, Vitinho é o provável substituto. O atacante entrou na primeira partida e foi quem cruzou a bola para o gol de Léo Cittadini, aos 45 minutos do segundo tempo.

Nesta terça-feira (4), Dorival Junior comanda o último treino antes da partida, no período da manhã, desta vez já com todo o grupo. O provável time para a decisão terá: Santos; Jonathan, Lucas Halter, Thiago Heleno e Abner; Wellington, Léo Cittadini e Marquinhos Gabriel; Nikão, Carlos Eduardo e Bissoli (Vitinho).

+ Mais do Furacão:

+ Athletico empresta goleiro a clube da Série B
+ Dorival Júnior elogia postura do Athletico, mas pede atenção
+ Cristian Toledo: As notas do Atletiba na final do Paranaense