Às vésperas do clássico com o Botafogo, no Engenhão, Andrade rejeitou qualquer clima de revanche, por conta da derrota na semifinal da Taça Guanabara. O treinador do Flamengo, pelo contrário, disse que é o rival que tem motivos para devolver as derrotas na finais do Campeonato Carioca.

“O Flamengo perdeu uma semifinal, mas venceu o Botafogo nas ultimas três decisões. Não tem essa coisa de revanche. Vamos encarar como mais um clássico e mais um jogo em que precisamos do resultado”, avisou.

Andrade também fez questão de negar qualquer crise na Gávea, depois das polêmicas com Vágner Love e Adriano e da derrota para o Universidad do Chile, na quarta-feira, pela Copa Libertadores.

“Uma derrota não vai mudar. Faz parte do futebol. Está tudo tranquilo, em paz. Sabemos que temos um jogo difícil, precisamos de um bom resultado, e a coisa vai caminhando bem. O elenco é forte, e estamos em paz. Tivemos 14 ou 15 jogos e perdemos apenas dois. Acho que ninguém tem esse número no ano e temos que estar felizes com isso”, destacou.

O treinador preferiu ressaltar o bom aproveitamento do Flamengo nos últimos confrontos, que são considerados decisivos para ambas as competições. O time venceu o Caracas e o Vasco, e caiu diante do Universidad do Chile. Agora, Andrade espera coroar essa sequência complicada com mais um triunfo.

“Em quatro jogos, três vitórias é um saldo positivo. Foram duas viagens desgastantes, jogos complicados, então é um bom saldo. Dormir sentado na poltrona do avião não é a mesma coisa, mas também não vamos usar isso como desculpa. Temos que jogar e fazer o melhor possível”, afirmou.