O candidato à prefeitura de Curitiba pelo PSL, Fernando Francischini afirmou nesta quinta-feira (5), ter provas de “negócios que o prefeito Greca faz com a família Greca”. De acordo com a coluna do jornalista Roger Pereira, da Gazeta do Povo, desde as primeiras horas desta quinta-feira, um vídeo da campanha de Francischini começou a circular na internet e depois também foi usado nas inserções de TV do candidato.

+Leia mais! Em defesa, Greca diz que dados sobre desapropriação de terrenos estão misturados

No material, Francichini promete que revelará no horário eleitoral desta noite, que empresas da família do atual prefeito e candidato à reeleição, Rafael Greca (DEM) recebem da prefeitura. O vídeo divulgado ainda alertava para as “verdades necessárias para você decidir seu voto”.

LEIA TAMBÉM – Sabe o que levar na hora de votar? Pandemia exige um item extra!

De acordo com o jornalista, este é o primeiro estilhaço do que a campanha do PSL aposta ser a “bala de prata” para tentar derrubar as intenções de voto no prefeito a ponto de levar a eleição para o segundo turno. Ação que foi sentida pela campanha de reeleição do prefeito, que foi à Justiça Eleitoral e conseguiu a retirada do ar das inserções de Francischini.

Saiba a reação da campanha de Greca sobre o assunto na coluna publicada íntegra, na Gazeta do Povo.

VIU ESSA? Nariz de palhaço e cobranças. Candidatos à prefeitura fazem 3.º debate informal em Curitiba