Publicidade

Curitiba

Domingo é dia de montar o pinheirinho. Saiba quanto custa deixar sua Árvore de Natal um “brinco”

Avatar
Escrito por Lucas Sarzi

Como nós já contamos na Tribuna, o dia certo para montar a árvore de Natal é neste domingo, quatro semanas antes do dia 25 de dezembro. Quer saber mais detalhes, clique aqui.

Para ajudar você a não errar nessa hora tão importante e bonita, fomos atrás de três lojas para mostrar que não é preciso gastar muito para manter a tradição. Descobrimos que, pesquisando bem, é possível gastar de acordo com o bolso, principalmente neste momento em que as lojas já estão praticamente na reta final das vendas.

Além das lojas tradicionais, como a Minipreço e Casa China, onde certamente a procura pelos itens de Natal pode surtir uma boa economia, fomos até três outras lojas: a Daiso, a Comercial Embalagens e a Noel, especializada em artigos natalinos. Levando em conta que uma árvore de Natal de 1,5m custa em torno de R$ 100, o gasto foi parecido nas duas primeiras lojas. Só na terceira o orçamento extrapolou um pouco, mas ainda assim daria para diminuir a conta final.

Na Daiso, loja japonesa que se tornou a sensação do momento e que tem duas unidades na capital paranaense, nos shoppings Estação e Curitiba, abriram, os itens de Natal seguiram média de preço entre R$ 6,99 e R$ 20. O mais caro por lá são as luzes, já que a loja não oferece muita variedade na quantidade de lâmpadas. Pegando todos os itens necessários para montar uma árvore, gastamos R$ 123,86 (fora o preço da árvore de Natal).

Não é novidade para ninguém que a Avenida Sete de Setembro tem uma grande variedade de lojas que oferecem produtos de épocas sazonais como Páscoa, Festa Junina e Natal. Por lá, procuramos a Comercial Embalagens, que além de vender os itens necessários também oferece até uma espécie de consultoria por parte dos vendedores, que ajudam o cliente a tomar as decisões. Os valores variam de R$ 3,10 a R$ 26,90. Ao todo, comprando até um pouco mais do que seria o necessário, gastamos R$ 118,65 (mais o preço da árvore de Natal).

São vários tipos de enfeites, dos mais variados preços.

O terceiro e último local visitado pela reportagem foi a Noel, loja especializada em artigos natalinos e que tem pelo menos quatro espaços em shoppings de Curitiba, como no ParkShopping Barigui, onde fica a maior unidade. Por ser uma loja especializada, os preços variam muito, de R$ 4,50 a R$ 30 (mas claro, com artigos que podem ultrapassar muito mais esse limite), e vai depender do quanto você pode gastar para montar a sua árvore.

Por lá, montando uma árvore bem decorada, o custo foi de R$ 407,96, mas poderia facilmente ser diminuído chegando aos R$ 150 (fora o preço da árvore de Natal).

Dica importante

Segundo a gerente de uma das lojas, Solange Silva, hoje em dia, para montar uma árvore, é mais necessário criatividade do que ter dinheiro no bolso. Além disso, é importante pesquisar e não necessariamente comprar todos os itens numa loja só, quanto mais você andar e procurar, menos pode pagar.

“A dica que a gente dá é para que as pessoas tenham em mente o que querem colocar na decoração: as bolas, as flores, laços. Depois buscar por complementos que são os bichinhos, alguma identidade da família, mas sempre pensar numa base de decoração que se encaixe no orçamento”. Neste ano, as cores ‘da moda’ são o champanhe, o rosê e o marsala que, embora nem sempre são cores que combinam com o verde e o vermelho do Natal, podem dar um tom diferente à decoração.

Solange explica que não é necessário gastar muito para comprar os artigos da árvore. “Não precisa mesmo, nem ter muito dinheiro, para fazer uma composição bem elaborada ou até mesmo mais simples de uma árvore. Basta ter bom gosto e também contar com a ajuda de bons vendedores, que podem te ajudar a gastar o quanto você pode”.

Cuidado com as luzes!

Pixabay

Além da decoração em si, é importante pensar num dos itens que mais chamam a atenção, as luzes. Apesar de parecer fácil, é necessário tomar alguns cuidados que são essenciais para evitar acidentes e alto consumo de energia. Segundo o engenheiro Cristiano Mollica, “é importante verificar se existe tensão de alimentação na tomada e qual é seu valor nominal, isso antes de ligar as luzes. Há muitos kits de enfeites natalinos que são 110V ou 220V”.

Junto com isso, a dica também é se atentar e comprar as luzes que venham com LED, pois têm consumo de até 7 vezes menos do que as antigas incandescentes. Além disso, uma grande vantagem do enfeite de LED é o baixo aquecimento, que proporciona maior segurança às pessoas, ao contrário da lâmpada convencional incandescente que pode chegar a até 100 graus Celsius e, juntamente com enfeites de papel, algodão ou plástico, resultar em incêndio.

As luzes de LED, nas três lojas pesquisadas pela Tribuna do Paraná, variaram de custo. Na Daiso saiu por R$ 20 com 30 lâmpadas, já na Comercial Embalagens R$ 26,90 com 100 lâmpadas e na Noel, uma das opções mais em conta custava R$ 14,90. Embora o preço possa ser até um pouco mais alto do que as luzes convencionais, no fim da conta pode compensar investir no LED, pois além da economia de energia a duração das lâmpadas também é superior, ou seja, no ano que vem você não vai precisar comprar outra.

Sobre o autor

Avatar

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil.

(41) 9683-9504