Você encara um maluco de 1,57m de altura? Parece uma tarefa fácil pra qualquer um, não é? Não é! Do outro lado, está o paranaense John Lineker, o “Mãos de Pedra”. O apelido cai muito bem para o lutador de Paranaguá. Não é à toa, pois o baixinho possui 30 vitórias e apenas oito derrotas em sua carreira no MMA profissional. Ele está atrás de seu 31º triunfo e o próximo obstáculo acontece neste sábado (12), contra o americano Brian Kelleher, pelo UFC 224, no Rio de Janeiro.

Sem lutar desde outubro do ano passado, quando venceu Marlon Vera, Lineker destaca ao Direto do Octógono que, desta vez, foi mais fácil de encontrar um adversário. Em sua última luta, o UFC havia entrado em contato com cinco atletas e apenas Vera aceitou o convite. “Dessa vez não teve tanta procura de adversários, o Brian Kelleher pela segunda vez que me desafia e não pude deixar passar essa, falei com meu empresário pra fechar essa luta no Brasil e deu certo, até porque eu queria lutar, e essa foi a oportunidade”, disse o peso-galo.

A expectativa é que o duelo seja muito equilibrado, pois Kelleher perdeu apenas um duelo em seus últimos dez combates. Mesmo assim, Lineker já tem a estratégia bem traçada em sua cabeça. “Gosto de lutar indo pra cima e estar ali dentro do octógono pra mim é uma diversão faço com amor e alegria”, destacou. O atleta paranaense está de olho no topo da categoria dos galos e para chegar entre os top 5, ele terá que vencer e convencer. “Eu acho que mereço uma disputa de cinturão, pois venho mostrando a cada luta que estou pronto. Eu não vou parar até me tornar campeão do UFC e eu vou atrás do meu sonho”, frisou.

Mas, afinal, como passar por um gringo que tem ido tão bem em seus combates? “Brian Kelleher é um adversário duro, gosta da trocação e mostrou que tem uma boa luta em pé e no chão, mas estou bem preparado pra essa luta, focado 100%”, disse o parnanguara, que terá um fator a mais de motivação no octógono. O apoio da barulhenta torcida brasileira será fundamental novamente. “Lutar em casa é muito bom. A torcida dá um suporte bem forte e nos empolga bastante. Estou muito feliz de lutar em casa novamente”, comemorou o peso-galo.

John Lineker não será o único paranaense no octógono do UFC 224. Natural de Francisco Beltrão, Elizeu Capoeira também estará em ação, junto com o parnanguara Junior Albini. O evento tem previsão de início às 19h15 (horário de Brasília).