Policiais militares voltaram à Vila Torres no começo da noite desta quarta-feira (14), depois que um homem foi violentamente agredido na Rua Guabirotuba, Prado Velho, e o clima ficou tenso no local enquanto o socorro era feito. A vítima, identificada apenas como “Polaco”, de 40 anos, levou tijoladas na cabeça e foi socorrido, em estado grave.

Enquanto os policiais ajudavam os socorristas do Siate no atendimento ao ferido, vários tiros foram disparados em ruas próximas, como forma de comemoração. Segundo informações de moradores, “Polaco” é usuário de drogas e morador de rua. Ele teria discutido com cinco homens.

De acordo com o tenente Cássio, do 20.º Batalhão, depois que o homem foi socorrido, policiais saíram em patrulhamento para tentar encontrar os possíveis autores dos disparos. “Não recebemos nenhum chamado de ferimento por arma de fogo e os tiros não foram disparados no local onde o homem era socorrido, mas sim em ruas próximas”, explicou. Nenhum suspeito foi encontrado.

Os socorristas do Siate tiveram bastante trabalho para atender “Polaco”, que estava muito agitado e queria fugir. “Ele não queria ser atendido, mas a situação dele é bem grave e perdeu bastante sangue”, disse o tenente Nicácio, do 22.º Batalhão. Depois de controlado e colocado na ambulância do Siate, a vítima foi encaminhada ao Hospital do Trabalhador.

Veja mais notícias sobre a Vila Torres.