t85200105.jpg

Cadáver foi jogado em um buraco.

A dona de casa Maria Antônia de Jesus Silva, 60 anos, foi brutalmente assassinada a pauladas pelo próprio filho, no último domingo, na chácara onde viviam no final da Rua Sônia Budniak, Jardim Arvoredo, em Araucária. A vítima foi amarrada e o corpo, embrulhado em um cobertor vermelho, foi jogado dentro de um buraco, em meio a algumas árvores numa chácara vizinha à deles. Apenas no início da tarde de ontem é que o cadáver foi encontrado – através da denúncia de um vizinho – e o autor do crime, Vanderlei da Silva, 24, foi preso.

De acordo com o jovem, o relacionamento entre mãe e filho não era dos melhores. No dia do crime, ele não agüentou os xingamentos e se armou com um pedaço de pau. Desferiu um golpe na cabeça de Maria e, logo em seguida, mais dois, ocasionando a morte da anciã. "Quando peguei o pedaço de pau para bater nela, ela disse que se fosse para bater era para matá-la. Então….", contou o rapaz à imprensa.

Com naturalidade, Vanderlei relatou que após ter cometido o crime enrolou o corpo em um cobertor, jogou no buraco e depois colocou um pouco de terra por cima. "Enterrei para que não descobrissem", afirmou.

O filho foi detido na tarde de ontem na casa onde morava com a mãe. Ele confessou o crime e disse também que já esteve preso anteriormente por "ter roubado comida". "Não houve flagrante. Então teremos que liberá-lo. Mas vamos solicitar a prisão dele à Justiça", explicou Edson.