Um dos suspeitos de estar junto com o grupo que tocou o terror em Matinhos, no litoral do Paraná, durante um assalto a uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF) foi preso pela Polícia Militar (PM). A prisão foi nesta sexta-feira (5) e a informação foi noticiada pela rádio Band News FM Curitiba, que informou que o homem estava no balneário Riviera, a menos de três quilômetros do local do ataque.

+Leia mais! Curitiba registra temperatura negativa na manhã deste sábado

Segundo a polícia, o homem estava com um dos carros usados no assalto. Conforme o noticiado pela rádio, o major Durval Tavares afirmou que o suspeito disse ter sido rendido por bandidos que o obrigaram a participar do roubo, mas como ele não registrou queixa com a Polícia Civil, acabou se complicando.

O homem foi preso numa ação conjunta entre policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da PM, e também de equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), da Polícia Civil. O suspeito foi encaminhado à delegacia da Policia Federal em Paranaguá, pois é a PF a responsável pelas investigações.

Assalto cinematográfico!

A ação de ladrões fortemente armados durante o assalto a uma agência da Caixa Econômica Federal situada na Rua da Fonte, no Centro de Matinhos, no litoral do Paraná, trouxe pânico a moradores do município na tarde da última quinta-feira (4). De acordo com relatos compartilhados pelas redes sociais, por volta das 16h, pelo menos três homens armados com fuzis atacaram o banco e fizeram clientes como reféns. Apesar do tiroteio, ninguém se feriu. Não houve nenhum tipo de confirmação sobre o valor que possa ter sido levado pelos ladrões.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Bate-boca após acidente termina em morte em Curitiba! Autor do crime fugiu