A ação de ladrões fortemente armados durante o assalto a uma agência da Caixa Econômica Federal situada na Rua da Fonte, no Centro de Matinhos, no Litoral do Paraná, trouxe pânico a moradores do município na tarde desta quinta-feira (4). De acordo com relatos compartilhados pelas redes sociais, por volta das 16h, pelo menos três homens armados com fuzis atacaram o banco e fizeram clientes como reféns.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Um vídeo feito por uma testemunha e publicado pelo Portal de Matinhos mostra o momento da fuga dos bandidos, que atiraram para o alto e depois seguiram em alta velocidade a bordo de um veículo Spin de cor prata.

Um cliente da agência, o vigilante Valmir Domingues, 39 anos, disse que usou o caixa eletrônico minutos antes dos criminosos deixarem a agência. “Não deu para notar nenhum movimento diferente no banco. Tanto é que, da área dos caixas automáticos, eu finalizei uma transferência e saí da agência. Quando estava na metade da quadra, ouvi os tiros e vi uma viatura na esquina”, relatou Domingues.

Ainda segundo o vigilante, o barulho dos tiros era de armas pesadas. “Até pelas capsulas que ficaram na rua, depois do assalto, deu para saber que eram metralhadoras ou fuzis. Um policial da viatura até passou por mim e até tentou se aproximar dos bandidos, mas ele recuou por causa dos tiros, provavelmente aguardando reforço”.

+ Leia mais! Tentativa de estupro em bosque vizinho à escola deixa bairro em pânico

O áudio de uma funcionária da Caixa que não estava dentro da agência, mas teve o relato dos colegas, explica que todos lá dentro foram obrigados a se deitar, enquanto os homens pegavam malotes com dinheiro. Os criminosos teriam arrebentado o vidro de acesso à agência para entrar.

Outro áudio compartilhado nos grupos de notícias de Matinhos falava sobre os reféns. Os próprios clientes da agência teriam sido postos como escudo, todos sem camisa, como mostra o vídeo da fuga.

+ Leia mais: Baile do Pato fecha as portas e deixa curitibanos órfãos

Até o momento, não há informações sobre feridos. O caso será investigado pela Polícia Federal, por se tratar de agência bancária federal. Não há confirmação sobre um valor que possa ter sido levado pelos ladrões. O local será isolado para a perícia e a agência não deverá abrir nos próximos dias.

Novas maçanetas com desenhos de pinhões custaram R$ 5 mil para a prefeitura de Curitiba