Uma jovem de 22 anos, suspeita de fazer parte de uma quadrilha de furtos e roubos a casas de luxo do Rio de Janeiro (RJ), foi presa pela Polícia Civil em Curitiba. A prisão, feita pelos policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), foi na última segunda-feira (16), mas só divulgada agora. A jovem era foragida e só foi encontrada através de um trabalho de troca de informações entre as polícias do Paraná com o RJ.

Fernanda Vitalino de Oliveira, 22 anos, foi encontrada num supermercado onde trabalhava no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Segundo as investigações, a jovem teria participado de um assalto a uma casa no bairro Gávea, na Zona do Sul do RJ, em 2014.

Na época, acompanhada de dois homens, Fernanda rendeu os moradores do local e, juntos, o grupo roubou cerca de R$ 40 mil em dinheiro, além de diversas joias de uma das famílias. A outra ocasião aconteceu no mesmo bairro, onde a quadrilha entrou em outra casa e furtou diversas joias e bens.

Segundo o que os policiais descobriram, Fernanda é natural do Paraná. Um dos comparsas dela, suspeito de liderar a quadrilha, estava preso no Rio de Janeiro desde 2017 e o outro, identificado como Luiz Carlos Donato, morreu em confronto com a Polícia Militar do Paraná.

O delegado do Cope, Marcelo Magalhães, contou que a prisão só foi possível por conta da troca de informações. “Agora, vamos investigar, por aqui, o envolvimento da jovem em outros crimes semelhantes aos que ela teria praticado no Rio de Janeiro, mas que tenham sido registrados em Curitiba”, disse. Fernanda foi encaminhada ao 8º Distrito Policial (DP), onde fica à disposição da Justiça do Rio de Janeiro, para onde vai ser transferida.

Sem perder tempo