Uma menina de 12 anos foi agredida com um martelo pelo irmão, de 14 anos, no início da tarde desta terça-feira (4), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A menina morreu a caminho do hospital. O adolescente teria agido de forma descontrolada ao brigar com a irmã, na volta da escola, depois de um possível surto psicológico. A mãe também foi agredida por ele. O caso ocorreu por volta de meio-dia, no apartamento da família, que fica no terceiro andar de um condomínio, na Rua Joaquim Nabuco. Depois das agressões, o adolescente tentou sair pela janela do apartamento e caiu.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo o Corpo de Bombeiros, que prestou socorro, a menina chegou a ser encaminhada para o Hospital do Trabalhador, com perda de massa encefálica, e não resistiu aos ferimentos. O adolescente agressor e a mãe foram levados para o Hospital Evangélico. Ele quebrou a perna e teve outros ferimentos graves, mas não corre risco de morrer. A mãe se feriu levemente.

“A mãe estava muito abalada dentro da casa. Parecia em choque. A irmã recebeu uma martelada na cabeça que causou um ferimento profundo. O menino não se lembrava que tinha feito. É possível que ele tenha tido um surto”, disse o tenente Rafael Lechinhoski, dos Bombeiros.

+Leia mais: Digitais de jornalista morto na Praça da Espanha não estavam na arma, aponta perícia

No local, os socorristas disseram que os vizinhos não tinham relatos de algum comportamento anormal da família. “Isso não nos permite saber exatamente o que houve, como a briga começou. Nossa preocupação é dar o primeiro atendimento com o medico e encaminhar as vítimas”, explicou Lechinhoski.

Criança tem braço amputado após acidente doméstico em Curitiba