O Instituto Médico-Legal de Curitiba (IML), localizado no bairro Tarumã,  foi invadido nesta madrugada deste sábado (28) por quatro homens e uma mulher. Segundo informações apuradas pela reportagem da Tribuna do Paraná, os invasores estavam revoltados com a morte de quatro suspeitos de roubar um veículo e depois entrar em confronto com a Rone na noite de sexta-feira (27), no Hauer, em Curitiba.

+Leia mais! Rua bloqueada e balas de borracha! Protesto contra mortes agita bairro de Curitiba

Os rapazes seriam do bairro Parolin e ao entrarem no IML, foram empurrando móveis, bateram em portas e entraram sem autorização na sala de necropsia, onde estavam os corpos dos conhecidos. A Polícia Militar foi chamada e foi agredida verbalmente pelos invasores que ameaçavam matar os policiais que participaram do confronto.

+ Leia mais: Homem é morto com cinco tiros em São José dos Pinhais, após 20 dias sem homicídios na cidade

“Teve sim a invasão e tomamos todas as medidas para preservar o ambiente. As pessoas estão nervosas com o acontecido. Os corpos seguem aqui, mas já estão liberados para os familiares”, disse Alexandre Mikos, diretor-administrativo do Instituto Médico-Legal do Paraná.

Suspeitos de roubar carro, quatro homens morrem em troca de tiros com a PM