Enquanto buscava a filha num ponto da Rua Rezala Simão, próximo a Rua Edson D’Avila Ator e Diretor, na favela da Portelinha, que fica no bairro Santa Quitéria, em Curitiba, um homem de 36 anos acabou baleado. O crime aconteceu por volta das 19h desta quarta-feira (20), e para a Polícia Militar (PM), ficou pontos a serem esclarecidos pela vítima.

O tenente Carassai, do 12º Batalhão da PM (BPM), contou que o homem não deu muitos detalhes sobre o que aconteceu. “Ele disse que estava vindo buscar a filha e, quando passava pela rua, tomou um tiro na perna. Ele não quis dar detalhes sobre onde a filha estava e também não falou quem seria o autor e a motivação”.

+Leia também: Homem é morto a tiros ao ir buscar o filho na escola

Homem não deu detalhes à polícia. Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.
Homem não deu detalhes à polícia. Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

O relato da vítima aos policiais militares, ainda que sem dizer o que teria sido a motivação, indicava que o homem poderia sim saber o que estava acontecendo. “Ele disse que tinha desavenças nesse lugar”, detalhou o tenente.

Com um ferimento grave na perna, o homem foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador. Segundo o tenente da PM, ele estava consciente e estável, mas corria risco.

Sobre o homem, que não teve o nome divulgado, a PM informou que ele tinha diversas passagens, mas não especificou por quais crimes. “O crime aconteceu numa região conhecida do meio policial por movimentação de tráfico. Apesar disso não podemos afirmar o que motivou, se foi um acerto de contas ou não. Cabe à Polícia Civil apurar”, concluiu o tenente.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.
Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

Vítima reconhece instrumento musical furtado que estava à venda e dono de loja é preso