Uma emboscada pode ter sido o planejado pelos assassinos que mataram e queimaram duas pessoas na madrugada deste sábado (1) em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A dupla estava num carro, que foi perseguido e incendiado depois de ser metralhado com mais de dez tiros.

O crime aconteceu por volta das 4h, na Rua São Luciano, no bairro Iguaçu. Segundo a polícia, moradores viram que o veículo foi perseguido por ocupantes de outro carro que primeiro provocaram um acidente. Quando o carro em que os dois homens estavam parou, os ocupantes do outro veículo atiraram várias vezes e depois ainda atearam fogo no veículo.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná! 

Moradores chamaram os bombeiros, mas depois de o fogo ser controlado apenas foram encontrados os dois corpos dentro do carro. Devido a condição dos corpos, a perícia não conseguiu sequer descobrir se eram dois homens ou se havia alguma mulher junto.

O veículo também queimou por completo. A princípio, o que dá para perceber é que se tratava de uma perua, mas não se sabe sequer o modelo, podendo ser uma Quantum ou algum veículo similar.

+Leia também: Homem que atropelou três adolescentes é preso na Grande Curitiba

Os dois corpos foram recolhidos ao Instituo Médico-Legal (IML) de Curitiba e devem ser identificados através de exames específicos. No local do crime, a perícia recolheu alguns estojos de arma de fogo próximo ao veículo. O crime vai ser investigado pela Delegacia de Fazenda Rio Grande, que precisa, o quanto antes, identificar a dupla para começar a procurar pelos autores. Denúncias podem ser passadas pelo telefone (41) 3608-7200.

Rapaz briga em casa e mata o próprio pai com uma facada no Alto Boqueirão