Professores e funcionários do Colégio Estadual Eurídes Brandão, que fica na Rua Jair Coelho, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), passaram por momentos de terror na noite desta segunda-feira (14). Bandidos armados invadiram a escola e fizeram com que todos deitassem no chão da sala dos professores. A dupla de assaltantes fugiu com um dos carros dos funcionários.

O roubo aconteceu no momento da troca de turno, depois do final das aulas da tarde, quase no começo do período da noite. “Só tinham professores e funcionários na escola. Dois bandidos invadiram a sala dos professores, renderam as quatro pessoas que lá estavam e mandaram que todos deitassem no chão”, contou um morador vizinho da escola e que pediu para não ser identificado.

Armados, os dois bandidos até se irritaram quando uma das professoras achou que era uma brincadeira. “Foram mais ríspidos, ameaçavam muito e começaram a pegar os pertences de quem lá estava. Relógio, celulares. Apontaram a arma para a cabeça de um dos professores, porque a aliança dele não saía”. Para fugirem, os dois bandidos pegaram o carro de uma das professoras, mas antes ainda aterrorizaram outros funcionários que chegaram para tomar café. “Quem entrou na sala, sem saber o que estava acontecendo, acabou rendido também. Apesar do susto, eles não agrediram ninguém e ainda precisaram de ajuda para que alguém abrisse o portão eletrônico”, disse.

Sem saber se os bandidos tinham realmente saído, os professores permaneceram deitados no chão da sala até que outro professor chegou para dar aula. “A Polícia Militar (PM) foi chamada e chegou meia hora depois. Mas não puderam fazer nada também, porque os bandidos já tinham fugido”.

Na ação, os assaltantes não levaram nada da escola, só os pertences dos professores e o carro da professora. “Já tinha acontecido de entrarem sem ninguém e levarem televisão. Já tivemos casos de alunos roubados também, mas desse jeito nunca. Eles estão cada vez mais audaciosos e a gente refém disso”, desabafou.

Policiamento reforçado

O Colégio Estadual Eurídes Brandão Ensino tem alunos do médio nos três períodos do dia. Em entrevista à Tribuna do Paraná, a tenente Marília, do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, informou que por causa do que aconteceu na escola o policiamento vai ser intensificado. “Conhecemos a escola, temos uma parceria antiga já na segurança da região e por isso precisamos dar mais segurança aos professores e alunos”, explicou.

Conforme a tenente, a Patrulha Escolar é ativa no colégio, com atividades não só para os professores, mas também para os alunos. “Temos atuado mais na forma preventiva, inclusive semana passada estivemos na escola com uma palestra para os alunos, pois alguns assaltos estavam acontecendo do lado de fora. Ensinamos e demos algumas dicas sobre como evitar isso”.

A policial reforçou que o que mais chamou a atenção foi a audácia dos bandidos, que invadiram a escola num horário de movimento. “Não tinham alunos dentro do colégio, mas os professores ainda estavam lá e do lado de fora, na rua, tinha movimento. O que aconteceu foi atípico e agora nosso objetivo é reforçar o policiamento para trazer mais segurança”, finalizou.

Foto: Colaboração.
Foto: Colaboração.