Os principais indicadores externos de confiança na economia brasileira seguem com a firme tendência positiva e operam no melhor patamar do dia. Segundo o banco JP Morgan Chase, por volta das 15h05, o risco-Brasil registrava queda de 2,98% e operava aos 1.693 pontos na mínima da sexta-feira.

No mercado secundário de títulos da dívida externa, o C-Bond sobe 2,11% e é negociado a 59,69% de seu valor de face na máxima do dia. Já o Global 40 avança 2,34% e vale 55,62% de seu valor, também na máxima da sessão. (Valor Online)