A arrecadação da Receita Federal bateu recordes no acumulado do ano e na arrecadação para os meses de abril. A Receita arrecadou R$ 27,2 bilhões em abril, contra R$ 26,4 bilhões em abril de 2003. No ano, o total de impostos e contribuições arrecadados pela Receita já soma R$ 102,6 bilhões até abril, 12,3% a mais que a arrecadação de igual período de 2003.

O coordenador-geral de Política Tribuntária, Márcio Verdi, afirmou que o resultado recorde em abril resultou principalmente do aumento da arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ), da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). “O resultado é bastante satisfatório ao ajuste fiscal”, disse.

Segundo Verdi, o aumento da arrecadação mostra que o setor privado está tendo resultados econômicos positivos e balanços bons. “Com relação à Cofins, tivemos a cobrança e a retenção na fonte sobre a prestação de serviços, a elevação da alíquota para o mercado financeiro de 3% para 4% e a mudança que incluiu a tributação das importações”, informou.

Segundo os técnicos da Receita, o resultado de maio deve registrar novo recorde na arrecadação.