Marcos Colli, presidente do PV em Londrina, foi preso na tarde de ontem (20) por suspeita de pedofilia e abuso sexual de menores. Colli, que foi candidato a prefeito da cidade em 2008, foi detido pelo Gaeco quando deixava um banco dentro da Prefeitura Municipal.

Segundo informações repassadas pela polícia, ele já estava sendo investigado há alguns meses e a prisão foi decretada depois que novas denúncias foram recebidas. O político foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Londrina e seu advogado afirmou que ainda está identificando as acusações para poder elaborar a defesa.

Atualmente, Colli é assessor da presidência da Câmara Municipal.