Pouco antes de se irritar com a imprensa, em Oslo, por causa da pergunta sobre a influência do governo na absolvição do presidente do Senado, Renan Calheiros, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou o resultado positivo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE, relativa a 2006, que aponta um aumento de 7,2% no rendimento médio real em 2006, ante 2005.

"Estamos vivendo um ótimo momento no Brasil para a economia, com diminuição da pobreza, distribuição de renda e melhoria da qualidade de vida do povo. E certamente vamos fazer mais e é possível fazer mais", afirmou o presidente. Lula embarcou há pouco para Madri, onde se encontrará com autoridades do governo e participará da abertura do seminário "Perspectivas da Economia Brasileira: Programa de Aceleração do Crescimento e Biocombustíveis", para apresentar as oportunidades de investimentos no Brasil nas áreas de infra-estrutura e energia.