As opções que o eleitor paranaense terá nas eleições de outubro ficaram mais claras depois do final de semana. Convenções e reuniões partidárias oficializaram candidaturas e definiram chapas para a disputa do governo do Estado, Senado, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.

A convenção estadual do PSDB, que ocorreu na manhã de ontem, em Curitiba, ratificou a candidatura do governador Beto Richa à reeleição. O nome dele e do senador Alvaro Dias, que também vai disputar a reeleição, foram escolhidos por unanimidade pelos delegados da legenda.

Contudo, a chapa continua sem definição de nome para vice-governador. O PSDB corre contra o tempo, já que precisa definir o vice de Richa até hoje, quando termina o prazo para formação das chapas. O deputado federal Ratinho Jr. (PSC) recusou o convite na última sexta-feira. A principal opção agora é convidar alguém do PSD ou manter o atual vice-governador, Flavio Arns (PSDB).

Mesmo realizando a sua convenção estadual ontem, o PSD ainda não definiu a quais siglas estará aliado, nem nas eleições majoritárias, nem nas proporcionais. Já o PP definiu na manhã de ontem o apoio à reeleição de Richa.

Oposição

Em reunião da Executiva estadual ontem, o PT aprovou a coligação com outros cinco partidos. Segundo o presidente do partido, Ònio Verri, PDT, PCdoB, PRB, PEN e PTN darão apoio à candidatura de Gleisi Hoffmann ao governo. As outras duas vagas da chapa majoritária – vice e senador – ainda não estão definidas.

Verri disse que a tendência é que Ricardo Gomyde, do PCdoB, seja candidato a senador, e que a vice fique com o PDT, que deve indicar Haroldo Ferreira. Segundo Verri, a intenção do partido é “abrir” as duas outras posições na chapa majoritária para agregar aliados. O partido também conta com dois pré-candidatos ao Senado, Dr. Rosinha e Cláudio Ribeiro.

Chama a atenção, neste grupo de partidos, a presença do PCdoB e do PRB. Na sexta-feira, o candidato do PMDB, senador Roberto Requião, anunciou que o PCdoB estaria fechado com a sua candidatura, junto com PV e PPL.

Na manhã de sábado foi definido o nome da deputada federal Rosane Ferreira (PV) como candidata a vice de Requião.