As defesas civis dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo foram alertadas pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, por conta do frio intenso e da formação de geada entre amanhã, e a próxima segunda-feira.

De acordo com a Sedec, a atuação de uma nova massa de ar de origem polar manterá o frio na região Sul e no Estado de São Paulo. No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, as temperaturas mínimas oscilarão entre três graus negativos e zero grau, nas áreas mais altas, e entre zero grau e seis graus, nas demais regiões.

No Paraná, as mínimas ficarão entre um e três graus, nas áreas mais altas, e entre cinco e dez graus, nas outras regiões. No Estado de São Paulo, os termômetros marcarão entre três e seis graus, nas áreas mais altas. Porém, a sensação térmica será de temperaturas mais baixas devido aos ventos do quadrante sul.

Na madrugada e ao amanhecer desses dias, o ar frio favorecerá a formação de geada do oeste ao Planalto Catarinense, no sul e sudoeste do Paraná e em quase todo o Estado do Rio Grande do Sul com exceção do litoral.

A Sedec recomenda atenção especial aos moradores de rua. Os agricultores devem tomar as medidas preventivas necessárias para minimizar os efeitos da geada. Os alertas foram baseados em informações do Centro Nacional de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).