As 42 famílias do Projeto de Assentamento Abapan, em Castro, serão beneficiadas pelo programa de financiamento habitacional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Cada família receberá R$ 5 mil para a construção de uma casa em alvenaria, ou para reforma e ampliação do imóvel em uso.

O dinheiro será liberado em duas parcelas de R$ 2,5 mil cada. As famílias poderão utilizar até R$ 700 para pagamento de mão-de-obra. Para o repasse, os assentados deverão apresentar três orçamentos individuais. Após a compra na loja de escolha dos beneficiários, o Incra faz o pagamento das notas fiscais. O restante do dinheiro é liberado 30 dias após a primeira parcela. Os assentados têm um prazo para pagamento do financiamento de 20 anos, com três anos de carência. Os valores devem ser utilizados exclusivamente nas obras da moradia. “Para liberação do crédito, o Incra fez o reconhecimento oficial dos sete assentamentos do governo estadual. Com isso, o órgão poderá investir nesses assentamentos todos os créditos repassados pelo governo federal”, explica o superintendente regional do Incra no Paraná, Celso Lisboa de Lacerda. Outros quatro assentamentos estaduais já tiveram o crédito liberado. Ele destacou que o governo federal tem se empenhado em melhorar as condições de crédito para o pequeno agricultor.