Entre terça (22) e quarta-feira (23) mais dois médicos paranaenses morreram em decorrência de complicações da covid-19, aumentando para 13 o total de profissionais do ramo vitimados pela doença no Paraná. Veja abaixo quem eram eles:

LEIA TAMBÉM – Veja quem eram os médicos do Paraná que morreram por coronavírus

Celso Ariello

Dr. Celso Ariello. Reprodução/Facebook

Especialista em ginecologia e obstetrícia, Celso Ariello faleceu na manhã de terça-feira (22) no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. De acordo com o Conselho Regional de Medicina (CRM-PR), ele tinha 64 anos e era casado com a também médica Marilis da Costa Ariello. Formado em 1980, atuou sempre em Curitiba, ultimamente atendendo em um consultório no bairro Batel. A despedida, restrita a familiares, ocorreu na manhã desta quarta-feira (23) no Crematório Vaticano, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana.

LEIA AINDA – Doença rara associada à covid-19 que afeta crianças e adolescentes provocou três mortes no Paraná

Sua partida gerou comoção nas redes sociais, onde pacientes lembraram de seu lado humano no atendimento profissional. “Dr. Celso é e sempre será lembrado por mim como um ser humano especial, médico atencioso, fez o parto do meu bebê, me aconselhou e acompanhou com muita dedicação toda a gestação” foi um dos comentários. A Maternidade Nossa Senhora de Fátima, onde o obstetra trabalhou por mais de 10 anos, emitiu uma nota de pesar. “É com uma tristeza infinita no coração que nos despedimos de um grande amigo, o médico ginecologista obstetra Dr. Celso Ariello, que com ética e responsabilidade construiu uma carreira de referência para as novas gerações”, diz o texto. “Ficam as recordações de um profissional que ensinou muito a todos nós.”

Marissol Bassil

Dra. Marissol Bassil| Rafael Hasse/Hospital Pequeno Príncipe

Natural de Curitiba, a pediatra Marissol Bassil formou-se médica em 1989 pela Faculdade Evangélica do Paraná. Durante mais de 25 anos trabalhou no Hospital Pequeno Príncipe, onde começou como plantonista e chegou a supervisora do setor de emergência para o SUS. Segundo a instituição, ela estava afastada das atividades desde o início da pandemia por fazer parte do grupo de risco. Morreu na madrugada de quarta-feira (23) em decorrência da covid-19.

LEIA TAMBÉM – Hospital filantrópico de Curitiba será ampliado com verba do estado em espaço do Ibama

“Foi uma médica participativa nas atividades do Pequeno Príncipe, sempre atenciosa no atendimento da criança, carismática e muito querida pelos colegas. Vestia a camisa da instituição em todos os projetos em que atuou, um verdadeiro exemplo de pediatra”, declarou o vice-diretor técnico do hospital, Victor Horácio de Souza Costa Júnior.

Dra. Marissol atuava ainda na cidade de Campo Largo, na região metropolitana, onde foi diretora-geral do Hospital Infantil Waldemar Monastier e ultimamente atuava como responsável pela pediatria no Hospital do Rocio. Ambas as instituições também emitiram nota de pesar, assim como a Sociedade Paranaense de Pediatria e o CRM-PR.