Além das ações de apoio ao trabalho dos catadores de papel da Vila das Torres, também foi apresentado durante a reunião da operação ?Mãos Limpas? um balanço da operação ?Foz Segura?, desencadeada no dia 11 deste mês pelo Governo do Estado em Foz do Iguaçu. A apresentação dos dados atualizados foi feita pelo coronel David Pancotti, comandante da Polícia Militar do Paraná. Foram efetuadas, até agora 457 prisões, das quais 67 de traficantes de drogas segundo o balanço da PM. Também já foram abordados 25.379 pessoas e 12.678 veículos.

A operação já cumpriu 97 medidas judiciais, recuperou 32 veículos, apreendeu 275.071 objetos, 268 cartuchos de munições, 47 armas de fogo e 13 armas brancas. Foram realizados 152 flagrantes e 196 termos circunstanciados, além da apreensão de 54 tóxicos. Foram aplicados ainda 86 autos de infração ambiental, 306 autos de infração de trânsito urbano e 203 autos de infração de trânsito rodoviários, com a remoção/retirada de 243 veículos e recolhimento de 20 carteiras de habilitação.

O governador determinou a continuidade da operação em Foz do Iguaçu, com a utilização das informações obtidas pela inteligência para aprofundar as ações no município e áreas de fronteira. Requião também determinou, na reunião, que a Secretaria de Segurança Pública dê continuidade às operações na capital. O projeto implantado na Vila das Torres deverá ser estendido a outras áreas da cidade, nos próximos dias.

O superintendente da Polícia Federal no Paraná, delegado Jaber Saadi, informou ao governador que já está definida a data de inauguração da delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu. Será no próximo dia 28, às 15 horas, com a presença do ministro da Justiça, Márcio Tomaz Bastos.