O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que planeja manter suas tropas no Iraque para vigiar e manter pressão sobre o vizinho Irã. No entanto, o presidente do Iraque, Barham Saleh, afirmou que Trump não pediu nenhuma permissão para isso e adiantou que não permitirá que os EUA usem bases no país para vigiar o Irã, alegando que “qualquer ato fora do acordo seria inaceitável”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.