Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou há pouco, no Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes, da cerimônia de inscrição do inventor Alberto Santos Dumont no Livro dos Heróis da Pátria.

O livro dos Heróis da Pátria, com a inscrição de Santos do Dumont, foi descerrado pelo presidente Lula, que estava acompanhado dos ministros da Defesa, Waldir Pires, da Secretaria-Geral, Luiz Dulci, do presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebello, e da governadora do Distrito Federal, Maria de Lourdes Abadia.

Pela manhã, o presidente Lula participou, na cidade de Santos Dumont (MG), das comemorações do Centenário do Vôo do 14 BIS. Ele visitou o Museu Casa Natal de Santos Dumont, no Parque Cabangu, onde está sendo construída a sede administrativa que abrigará o acervo original do inventor.

Os documentos do aviador estão guardados, atualmente, na Fundação Casa de Cabangu. A nova sede terá salas climatizada, auditório e biblioteca. O governo federal investirá R$ 550 mil na obra.

Santos Dumont nasceu em 20 de julho de 1873, na cidade mineira de Palmira, hoje rebatizada de Santos Dumont. O aviador decolou pela primeira vez com o 14 BIS no dia 23 de outubro de 1906, em Paris, em um vôo que percorreu mais de 25 metros.