O maior projeto de desfavelamento em execução no país, no bairro Guarituba, em Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba), onde vivem 46 mil pessoas, vai receber R$ 2 milhões para realocar as famílias que ocupam a região dos mananciais que abastecem Curitiba. Os recursos servirão para a compra da área, no mesmo bairro, para onde elas serão transferidas. Esta é a primeira fase do projeto que vai custar ao Estado e Governo Federal R$ 52,3 milhões.

?Resolvemos, em vez da violência e do despejo, fazer a recuperação da área, com saneamento, arruamento e construção de casas?, afirmou o governador Roberto Requião, durante a assinatura do convênio, feita nesta terça-feira (03), durante a Escola de Governo. Os recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente foram repassados pelo secretario estadual do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, ao presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Rafael Greca. Participou da assinatura o presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Vitor Hugo Burko.

Requião destacou que o bairro Guarituba tem densidade demográfica maior que 90% dos municípios do Paraná, ao ressaltar a dimensão do projeto. ?Nós temos um projeto belíssimo de urbanização. Estamos contando com o apoio do Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, que nos repassou R$ 50 milhões a fundo perdido.?