A Petrobras vai reduzir o preço do querosene de aviação em 4,26% a partir de hoje, levando para 20,27% a queda do combustível acumulada no ano. O querosene de aviação representa entre 30 e 40% do custo de uma companhia aérea, informou o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea), que forneceu nesta sexta-feira os dados. No ano passado, o querosene de aviação acumulava alta de 36,38 por cento no mesmo período, segundo o Snea.