Em relatório mensal divulgado nesta segunda-feira, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) prevê que a demanda pela sua produção irá aumentar em 2015, em meio a uma desaceleração da exploração da commodity nos Estados Unidos. O documento sinaliza que a estratégia da instituição de manter os preços do petróleo baixos no mercado internacional está ferindo produtores rivais e reaquecendo a demanda.

A Opep prevê que a demanda pelo petróleo produzido por seus países-membros aumentará em 110 mil barris por dia, para 29,2 milhões de barris por dia em 2015. Anteriormente, a Opep projetava uma redução na demanda pela sua produção de 300 mil barris por dia.

A organização também projeta uma demanda global por petróleo maior este ano em 20 mil barris por dia, puxada pelo maior consumo de gasolina nos Estados Unidos, ao mesmo tempo em que produtores domésticos da commodity têm sofrido com os baixos preços, o que traz implicações negativas à oferta norte-americana.

Em janeiro, o grupo também relatou que sua produção de petróleo recuou em 53 mil barris por dia devido a confrontos na Líbia. Fonte: Dow Jones Newswires.