A Fiat Chrysler e a TIM anunciaram nesta quarta-feira (28) uma parceria para que veículos da montadora tenham acesso à internet da operadora, a chamada conectividade embarcada. Mais do que um simples Wi-fi, a FCA afirmou querer transformar o carro em uma extensão do celular.

Por meio da tecnologia eSIM (que é uma versão mais avançada do chip de celular, cuja função é conectar aparelhos às redes móveis), motoristas de veículos Fiat, Jeep e Ram poderão utilizar dentro de seus carros aplicativos e serviços que tenham conectividade com o veículo.

VIU ESSA? – Perde muito tempo pra escolher filme ou série de streaming? App de Curitiba te ajuda!

“Hoje um cliente quer ver dentro de um carro todas as funcionalidades que está acostumado a ter no próprio smartphone. Um cliente da Fiat, da Jeep, pela parceria com a TIM, vai poder usar o próprio carro para utilizar um serviço para depósito bancário, para realizar operações que hoje faz com o celular”, disse Antonio Filosa, presidente do grupo FCA Fiat Chrysler América Latina.

Embora o presidente da FCA tenha dado o exemplo do pagamento de contas pelo carro, a companhia ainda não acertou nenhuma parceria com bancos para permitir uma operação nesse sentido pelo sistema instalado no veículo. Visa e McDonald’s já fecharam acordo com a montadora para oferecer serviços no sistema de conectividade integrada.

Telas multímidas

Apesar de todo o sistema estar estruturado para se conectar a smartphones, as funcionalidades poderão ser executadas independentemente de um celular, por meio de telas multimídias dos veículos.

LEIA MAIS – Leilão da Setran tem Toyota Corolla a partir de R$ 9,8 mil e mais veículos

Além das operações por serviços parceiros, o motorista poderá dar partida no veículo remotamente e ligar ar-condicionado ou aquecedor antes mesmo de entrar no carro. Também será possível identificar falhas no automóvel, pois haverá sensores enviando dados continuamente para a FCA.

A conexão desse sistema será feito por meio da rede 4G da TIM e, por um sistema embarcado, estará disponível apenas em novos modelos dos veículos da FCA. A previsão é que os carros com a tecnologia embutida cheguem ao mercado no primeiro trimestre de 2021.