No Dia dos Namorados, às vezes não é preciso gastar centenas de reais para presentear sua amada (o). Uma frase, cartão, uma surpresa podem fazer a diferença para expressar seus sentimentos. Para ajudar a você, leitor da Tribuna, sugerimos alguns trechos de músicas, poesias de grandes escritores e frase românticas para mandar aquele recadinho esperto para quem você ama.

+ Já comprou o presente da sua amada ou amado? Nós temos algumas sugestões

+ Bolo de Santo Antônio é distribuído em várias paróquias de Curitiba. Veja onde pegar o seu

Confira algumas das sugestões:

Carlos Drummond de Andrade

“O mundo é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar”.

“Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge de todas as explicações possíveis”.

‘O Dia dos Namorados para mim é todo dia. Não tenho dias marcados para te amar noite e dia”.

 

Mario Quintana

“Tão bom morrer de amor. E continuar vivendo”.

“Amor. Quando duas pessoas fazem amor, não estão apenas fazendo amor. Estão dando corda ao relógio do mundo”.

 

Pablo Neruda

“Te amo sem saber como, nem quando, nem onde. Te amo diretamente sem problemas nem orgulho: assim te amo porque não sei amar de outra maneira”.

 

Fernando Pessoa

“Eu não sei senão amar-te, nasci para te querer. Ó quem me dera beijar-te, E beijar-te até morrer”.

 

Pixabay
Pixabay

Vinícius de Moraes

“Amo-te tanto, meu amor… não cante
O humano coração com mais verdade…
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude”.

“Eu amei. Eu amei, ai de mim, muito mais do que devia amar. E chorei ao sentir que iria sofrer e me desesperar. Foi então que da minha infinita tristeza aconteceu você. Encontrei em você a razão de viver e de amar em paz, e não sofrer mais. Nunca mais. Porque o amor é a coisa mais triste quando se desfaz”.

“Se você quer ser minha namorada, ai, que linda namorada você poderia ser. Se quiser ser somente minha, exatamente essa coisinha. Essa coisa toda minha que ninguém mais pode ser. Você tem que me fazer um juramento de só ter um pensamento e ser só minha até morrer. E também de não perder esse jeitinho, de falar devagarzinho essas histórias de você. E de repente me fazer muito carinho e chorar bem de mansinho sem ninguém saber porquê. Porém, se mais do que minha namorada você quer ser minha amada, minha amada, mas amada pra valer. Aquela amada pelo amor predestinada sem a qual a vida é nada, sem a qual se quer morrer. Você tem que vir comigo em meu caminho e talvez o meu caminho seja triste pra você. Os seus olhos têm que ser só dos meus olhos e os seus braços o meu ninho no silêncio de depois. E você tem que ser a estrela derradeira, minha amiga e companheira. No infinito de nós dois”.

“Eu sei e você sabe já que a vida quis assim. Que nada nesse mundo levará você de mim. Eu sei e você sabe que a distância não existe. Que todo grande amor só é bem grande se for triste. Por isso, meu amor, não tenha medo de sofrer. Que todos os caminhos me encaminham pra você. Assim como o oceano só é belo com luar. Assim como a canção só tem razão se se cantar. Assim como uma nuvem só acontece se chover. Assim como o poeta só é grande se sofrer. Assim como viver sem ter amor não é viver. Não há você sem mim e eu não existo sem você”.