Quem for pegar a estrada para curtir o feriado de Carnaval fora de Curitiba poderá pegar trânsito intenso nesta sexta-feira (24). Vale lembrar que, além do maior movimento das estradas, o motorista terá que encarar o valor mais alto do pedágio nas BRs 376, 116 e 101, em Santa Catarina.

BR-277

A previsão da Ecovia, concessionária que administra o trecho entre Curitiba e Litoral, indica 40 mil veículos descendo o litoral do Paraná via BR-277, durante toda a sexta-feira (24). O motorista que circular pelo trecho deve ficar atendo aos novos sete radares instalados na rodovia.

O horário de pico está previsto entre 19h e 21h, atingindo quase três mil veículos/hora. Já ao sábado (25), o maior volume está previsto para o horário da manhã, com quase 2,8 mil veículos hora entre 10h e 11h, contabilizando mais de 30 mil veículos ao decorrer desse dia. No domingo (26), o fluxo deverá será normal em ambos os sentidos da BR-277.

No retorno a Curitiba, durante toda a terça-feira (28), 35 mil automóveis devem retornar pela BR-277. O fluxo estará alto desde as 11h da manhã devendo atingir 2,5 mil veículos entre 18h e 19h. Na quarta-feira de cinzas (29), 30 mil veículos devem retornar no sentido a capital do Estado. O movimento ficará esparso ao longo do dia.

BR-376

Na BR-376, que liga Curitiba a Santa Catarina, a concessionária prevê um aumento no fluxo a partir das 15h desta sexta-feira. Em média, segundo a Autopista Litoral Sul, cerca de 46 mil veículos devem circular por cada uma das praças da concessionária entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março. Nos horários de pico, o movimento pode ser até 60% maior do que em dias normais.

Na saída para o feriado, o horário de pico nas rodovias BR-116/Contorno Leste, BR-376/PR e BR-101/SC deve se concentrar entre as 15h e 22h de sexta-feira- 24/2, e das 7h às 15h de sábado. No retorno, a previsão de maior movimento é para terça-feira das 12h às 22h e quarta-feira das 7h às 18h.

São Paulo e interior do Paraná

Motoristas que seguirão rumo a São Paulo pela BR-116 (Régis Bittencourt) devem se preparar para enfrentar a rodovia cheia entre 16h e meia-noite nesta sexta. No sábado, o pico será entre 5h e 14h. Contudo, o sentido mais complicado será mesmo para quem vier para Curitiba, informa a concessionária responsável pelo trecho.

Para quem segue em direção ao interior do Paraná, é bom evitar passar pela BR-277 entre 16h e 20h de sexta e entre 10h e 13h de sábado – que são os horários de pico informados pela concessionária. O maior movimento nesta região será em São Luiz do Purunã, após a saída de Campo Largo, no sábado, com a projeção de que 43,4 mil veículos circulem pelos dois sentidos da rodovia.

Telefones Úteis

Para saber a respeito do tráfego ou solicitar auxílio em caso de panes e acidentes, basta entrar em contato pelos telefones das concessionárias responsáveis pelas vias. O telefone da Litoral Sul é 0800 7251 771, enquanto a Ecovia atende pelo 0800 410 277.

Confira em tempo real o movimento das estradas que cortam o Paraná:

Acompanhe pelo Twitter