Nas garras da justiça!

Três são presos em Curitiba por compartilhar pornografia infantil

Foto: Arquivo/Tribuna do Paraná.

Três pessoas foram presas em flagrante em Curitiba após a operação Olhos da Rede 2, da Polícia Federal, que tem como objetivo combater o compartilhamento na internet de imagens relacionadas à exploração sexual de crianças e adolescentes. Além da prisão em Curitiba, os agentes da Polícia Federal prenderam uma pessoa em Campo Largo, na região metropolitana e outra em Londrina, no norte. Segundo a Policia, os presos tinham consigo uma grande quantidade de pornografia infantil.

+Leia mais! Caso de vereador Renato Freitas volta pra análise na Câmara após queda de liminar

Segundo as investigações, são aproximadamente 60 Policiais Federais cumprindo 15 mandados de busca e apreensão no Estado do Paraná. Além de Curitiba, Campo Largo e Londrina, a operação ocorre em São José dos Pinhais, Ponta Grossa, e Guarapuava. As buscas ocorrem nos endereços dos indivíduos envolvidos com o compartilhamento de pornografia infantil pela internet.

“As prisões de hoje foram realizadas devido à identificação de indivíduos com um volume considerado de arquivos de pornografia infantil. A investigação agora terá sequência com foco na identificação dos produtores destes vídeos e dos abusadores sexuais”, explicou o delegado Flávio Augusto Palma Setti, responsável pela operação.

Os materiais apreendidos serão submetidos a perícia técnica, em busca de informações que possam indicar o envolvimento dos indivíduos investigados com a prática de crimes mais graves, como a produção de pornografia infantil e o estupro de vulnerável, além de auxiliar na identificação de abusadores sexuais e no resgate das vítimas.

Tião sofre por sua família.
Renascer

Tião sofre por sua família.

Quinota e Marcelo se reencontram.
No Rancho Fundo

Quinota e Marcelo se reencontram.