Devido à pandemia do coronavírus (covid-19) no Paraná, os concursos e processos seletivos para contratação de servidores para as instituições que compõem a Secretaria de Estado da Segurança Pública sofreram alterações. Temporariamente, as provas para ingressar na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foram adiadas. A expectativa era da contratação 2 mil novos policiais militares e 400 bombeiros militares.

No entanto, os processos seletivos do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) e da Polícia Científica continuam normalmente. A definição sobre possível adiamento das provas para o concurso da Polícia Civil ocorrerá na próxima semana.

+ Leia mais: Inverno começa neste sábado; veja como fica o tempo em Curitiba nos próximos meses com a nova estação

A decisão para adiamento das provas para soldado policial militar e bombeiro militar foram tomadas em conjunto com o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), tendo em vista que as provas são presenciais e causaria aglomeração de pessoas.

Formação prejudicada

Em maio deste ano foram nomeados 36 servidores para a Polícia Científica, sendo 21 auxiliares de necropsia, oito peritos criminais e sete médicos-legistas, dos quais 30 já tomaram posse. O curso de formação dos servidores da Polícia Científica, que estava previsto para ser iniciado em Curitiba nesta semana, foi adiado devido devido à bandeira laranja decretada na capital. No entanto, os profissionais empossados estão acompanhando as atividades de outros profissionais mais antigos.

Os servidores foram chamados a partir de autorização do Governo do Estado, e foram aprovados em concurso público de 2017, o qual ainda está vigente.

Possível adiamento

A comissão do concurso da Polícia Civil deverá se reunir com o Núcleo de Concursos da UFPR no início da próxima semana para tratar sobre o adiamento ou não das provas, tendo em vista as orientações do governo. Este processo seletivo vai contratar 400 novos servidores, sendo 300 investigadores, 50 delegados e 50 papiloscopistas, para atuação em todo o Paraná.

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) também está com processo seletivo em andamento para a contratação temporária de servidores. São 1.394 vagas para guardas prisionais, dentre homens e mulheres, que vão atuar em unidades prisionais de todo o Estado. As inscrições já foram encerradas e, neste momento, o processo está em fase de Exame de Investigação de Conduta.