Após o dia mais seco dos últimos meses e o alto consumo de água domingo (25), a Sanepar alterou mais uma vez o sistema de rodízio no abastecimento em Curitiba e região metropolitana (RMC), ampliando o número de bairros afetados e modificando o horário.

O novo rodízio vai atingir 68 bairros da capital, Araucária, Fazenda Rio Grande, Colombo, Pinhais e São José dos Pinhais (VER LISTA COMPLETA ABAIXO). A nova tabela passa a valer a partir desta quarta-feira (29), às 6h. A previsão é de que o abastecimento só volte ao nomral a partir das 6h de quinta-feira (30).

LEIA TAMBÉM – Falta de água, saúde, queimadas: o impacto da forte estiagem em Curitiba e região

O Paraná, em especial Curitiba e região metropolitana, passam pela pior estiagem desde 1997. A Represa do Iraí, por exemplo, que abastece 30% de Curitiba e região está 60% abaixo do seu volume normal. Por isso, é essencial o consumo consciente de água, ainda mais no período de coronavírus, em que o consumo aumenta para a higienização das mãos e objetos.

Abaixo, o rodízio por bairros de cada cidade:

Curitiba – Capão Raso, CIC, Pinheirinho, Sítio Cercado, Tatuquara, Campo de Santana, Caximba, Ganchinho, Água Verde, Boqueirão, Fanny, Fazendinha, GuaÍra, Hauer, Lindoia, Novo Mundo, Portão, Santa Quitéria, Seminário, Vila Izabel e Xaxim.

Araucária – Cachoeira, Campina da Barra, Costeira, Iguaçu, Tindiquera.

Fazenda Rio Grande – Bairro dos Estados, Iguaçu, Santa Terezinha, Jd. São Lourenço, Jd Brilhante, Jd Kokubo, Ipê, Eucaliptos, Nações, Eucaliptos, Hortência e Santarém.

São José dos Pinhais – Aristocrata, Centro, Zaniolo, Braga, Cruzeiro, Aguas Belas, Ouro fino, Costeira, Pedro Moro, Santo Antônio, Colônia Rio Grande, Itália, Bom Jesus, Cachoeira,Campina do Taquaral Agarau, Campo Largo da Roseira, Cotia.

VIU ESSA? – Conta de água em bairro de Curitiba aumenta até 250%. Moradores na bronca!

Colombo – Atuba.

Pinhais – Alto Atuba 1, Alto Atuba 2, Emiliano Perneta 1, Centro 1, Centro 2, Palmital 1, Palmital 2, Rural, Estância Pinhais 1, Estância Pinhais 2, Weissópolis 1, Vila Amélia 2.

Motivo da interrupção 

Segundo a Sanepar, o objetivo é aumentar o intervalo da interrupção do abastecimento em algumas regiões mais críticas por estarem mais distantes dos centros de distribuição de água. Houve o agravamento da estiagem, que tem reduzido dia a dia a vazão de poços, rios e barragens.

No último fim de semana, o Rio Miringuava teve vazão reduzida para 30%, e estão bastante críticos os níveis dos Rios Cotia, Despique e Barigui e dos poços do Aquífero Karst. Essa situação levou a Sanepar a implantar no fim de semana rodízio também nas regiões abastecidas pelo Rio Cotia, em São José dos Pinhais.

Para melhorar a flexibilização no sistema de distribuição de água, a Sanepar vai executar, nesta quarta-feira, uma obra de interligação da nova elevatória do Corte Branco ao Reservatório do Portão.

A previsão é de que esta estação elevatória entre em funcionamento na segunda quinzena de maio, contribuindo para aumentar o volume de água distribuída. Mas, para fazer esta interligação, haverá parada no abastecimento em bairros de Curitiba, Araucária e Fazenda Rio Grande.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?