Internado para a realização de exames no Hospital Marcelino Champagnat, em Curitiba, o prefeito Rafael Greca (PMN) precisou fazer uma cirurgia de emergência durante esta noite para a restauração de parte do intestino delgado, que havia sido perfurado, e também para a retirada de uma hérnia que estava inflamada.

Segundo informações do boletim médico, a cirurgia durou cerca de três horas e foi bem sucedida. O prefeito passa bem e se recupera dos procedimentos cirúrgicos.

Em entrevista coletiva na tarde deste sábado, o médico Marlon Rangel, responsável pelo procedimento cirúrgico, explicou que tudo ocorreu bem. “Os exames feitos na internação mostravam um quadro com indicação cirúrgica, por isso resolvemos realizar o procedimento na noite de sexta-feira mesmo”, explicou. O prefeito deve ficar internado por até 12 dias.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O vice-prefeito, Eduardo Pimentel, não deve assumir o cargo durante a internação de Rafael Greca.

Internação

Segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa da prefeitura, Greca teve uma indisposição alimentar e precisou ser internado na última sexta-feira (28).

Também em janeiro passado

Em 2 de janeiro de 2017, logo apos assumir a prefeitura de Curitiba, Greca também precisou ser internado. Na época, o prefeito teve um problema pulmonar. Ele ficou alguns dias internado e o problema foi resolvido.

Prefeito Rafael Greca é internado em hospital de Curitiba