Permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Rocio, o prefeito de Campo Largo, Marcelo Puppi, de 61 anos, diagnosticado com covid-19 e hospitalizado desde o dia 25 deste mês. De acordo com boletim médico divulgado no fim da manhã desta segunda-feira (30), Puppi segue com “quadro estável, lúcido e orientado, com uso de máscara de O2 (oxigênio), sendo medicado conforme protocolo institucional do hospital”, diz o informativo.

LEIA MAIS – “Não temos mais equipes para abrir leitos”, alerta Márcia Huçulak nas redes sociais

Ainda segundo o boletim assinado pelo médico e diretor assistencial e de qualidade do Hospital do Rocio, Kengi Itinose, não há previsão de alta para o prefeito. Puppi foi transferido para a UTI da instituição, também localizada no município de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, no último sábado (28), por conta de complicações causadas pela infecção por novo coronavírus. A primeira dama Daniela Corsini Puppi também chegou a ser internada, mas já deixou o hospital.

Outro político da região de Curitiba diagnosticado com covid-19 é o jornalista e vereador Cristiano Santos (PV), 40 anos, que apresentou piora neste fim de semana e precisou ser entubado. Na última terça-feira (24), ele foi internado na UTI no Hospital Vita, no Bairro Alto, em Curitiba.

Eleito

Marcelo Puppi foi reeleito prefeito de Campo Largo no último dia 15. Ele conquistou 21.566 votos