Curitiba vai ter um domingo de oração coletiva para pela pandemia de coronavírus domingo (29), aniversário de 327 anos da cidade. Os sinos das igrejas católicas e evangélicas vão tocar ao mesmo tempo ao meio-dia. O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca (DEM), na manhã desta quarta-feira (25), durante um pronunciamento ao vivo no Facebook da prefeitura.

Nas palavras do prefeito, o objetivo do acionamento dos sinos é chamar as pessoas para que peçam a Deus, à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais – padroeira de Curitiba – e aos anjos pela cura dos doentes e para que o vírus não causa tantos danos à população. O prefeito também diz que falou com pastores de igrejas evangélicas que têm sinos em suas torres.

LEIA MAIS – Curitiba vai receber mais 130 mil doses de vacina contra a gripe, garante Greca

“Vamos replicar ao meio-dia de domingo todos os sinos que houver em Curitiba. Vamos pedir que vivamos um tempo de cura no caminho da grande manhã da Páscoa, onde tudo que nos aflige passará”, afirma Greca.

O arcebispo de Curitiba, dom José Antônio Peruzzo, explica que os sinos tocarão “com vigor” por 15 minutos. “Enquanto os sinos repicam em sinal de ânimo, fé e esperança, nossas famílias católicas se põem em oração pelo fim da pandemia”, pede o arcebispo. O roteiro de orações, chamado “Súplica pela cidade de Curitiba”, vai estar disponível no site da arquidiocese para que as pessoas possam rezar de casa.

VEJA MAIS – Prefeitura descarta Arena da Baixada como hospital de campanha do coronavírus

Quarentena mantida

Apesar do apelo religioso, a prefeitura de Curitiba afirmou que continua seguindo todas as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) no combate ao vírus. “Por amor a Curitiba e por respeito aos curitibinhas, nós ficaremos em casa”, orienta Greca, apontando que serviços essenciais não devem parar de funcionar.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: