A Petrobras divulgou nesta segunda-feira (25) que o preço médio do gás liquefeito do petróleo (GLP) ficou 5% mais caro. Os valores, de acordo com a estatal, foram reajustados no sábado (23) nas refinarias. Nas revendedoras, o valor do botijão P13 – modelo de uso doméstico, pode sofrer aumento de R$ 3 a R$ 4.

LEIA TAMBÉMSanepar aumenta rodízio em Curitiba e região até sábado. Veja os bairros atingidos

De acordo com levantamento feito pelo jornal Meio Dia Paraná, da RPC, parte dos revendedores de Curitiba não vai repassar o aumento aos consumidores. Já outros revendedores podem ajustar o valor do botijão em R$ 1. Na capital, um botijão de gás está custando entre R$ 60 a R$ 80 reais.

Outro fator que pode segurar o reajuste, segundo a reportagem da RPC, é que algumas revendedoras ainda estão com estoque de gás no valor anterior. Porém, com mais pessoas em casa por causa da pandemia do coronavírus, o consumo aumentado pode acelerar o aumento dos preços.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?