Às vésperas de ser inaugurado, o Alto da XV Mall deve chegar com uma cara ainda familiar para quem frequentava o antigo Polloshop. O estabelecimento, que abre as portas no próximo dia 28 de outubro, ocupa o imóvel onde o antigo shopping imperou por mais de duas décadas até anunciar seu fechamento, em março deste ano. Mesmo com donos e administradores diferentes, o empreendimento deve ter muitos dos lojistas que já atuavam na região.

A informação foi adiantada por Marcello Almeida, da Cia Iguaçu, dona do imóvel. O empresário, em parceria com a administradora Argo (que gere também o Shopping Crystal), é quem está à frente do Alto da XV Mall.

LEIA TAMBÉM – Santa Casa de Curitiba abre 73 vagas de emprego nas áreas de saúde e administrativa

De acordo com Almeida, as mudanças serão notadas, em princípio, na administração do empreendimento. “Não é aquele projeto de ‘vamos botar [o antigo shopping] no chão e construir um shopping novo’. É inviável. Isso iria demorar alguns anos e não iria viabilizar as lojas que estavam lá. Estamos fazendo investimento para recompor a estrutura atual, ajustes de hidráulica, elétrica e estrutura básica, também ajuste visual e algumas mudanças internas”, disse ao Paraná S/A.

O proprietário do terreno explica a rapidez no processo de abertura. O shopping será inaugurado somente sete meses após o fechamento do Polloshop. De acordo com Almeida, assim que a administração anterior anunciou o encerramento das atividades, ele se reuniu com a maioria dos lojistas e apontou que faria um estudo para a viabilidade de um novo centro comercial no local. Ele também negociou a entrega do imóvel sem desmontar todas as lojas, de forma a tornar mais rápida a retomada das operações.

VIU ESSA? 12 mil WhatsApps clonados por dia no Brasil: como se proteger e o que fazer se for vítima

“Nosso primeiro objetivo era reabrir o empreendimento o mais rapidamente possível, pois havia uma saudade dos clientes do retorno de uma operação naquele lugar. O entorno sofreu muito pelo fechamento do shopping. [A rapidez serviu] Também para [ajudar] os lojistas”, descreve.

O investimento na abertura está calculado em R$ 1 milhão e o Alto da XV Mall deve gerar mil empregos diretos e cinco mil indiretos, segundo Almeida. Serão perto de 180 lojas.