Morreu nesta quarta-feira (02), vítima de covid-19, o médico cardiologista Marcos Sereja. Com 34 anos de idade, o médico trabalhava em Guaratuba, litoral paranaense, mas estava internado no Hospital do Rocio, em Campo Largo, há três semanas em tratamento. Sereja é o décimo primeiro médico paranaense vítima da covid-19.

Natural de Paranavaí, noroeste paranaense, Marcos Sereja trabalhava há quatro anos em Guaratuba, no Samu. Marcos deixa esposa e filha.

+Leia mais! “Pandemia é como um Atletiba”, diz Márcia Huçulak sobre decisões da prefeitura no combate à covid-19

Muitos pacientes e colegas de trabalho prestaram homenagem ao jovem médico nas redes sociais. “Hoje o dia amanheceu mais triste com a sua partida. Você cumpriu sua missão aqui na Terra e foi com muito amor. Eu gostava muito de trabalhar com o senhor. Que Deus te receba em um bom lugar. Até um dia, meu amigo. Hoje estou muito triste”, disse uma colega de trabalho nas redes sociais. “Triste notícia, vá em paz, Dr.Marcos Sereja. Mais um guerreiro da linha de frente que perde a batalha para esse maldito vírus”, diz outro post.

No combate direto!

Outros médicos e profissionais da saúde já perderam a vida ajudando pacientes internados com coronavírus. No início de agosto o médico neurocirurgião Lucas Augusto Pires fez um post emocionante antes de ser internado na UTI. Ele não resistiu e morreu após afirmar que tinha pego a doença fazendo o que amava. Em maio, o médico Milton Ciappina não resistiu após ficar uma semana internado.

Por outro lado existem muitos exemplos de superação da doença, como o caso do Dr Jamal, que teve alta após quase dois meses internado. Após se recuperar ele deu um depoimento contando sobre a superação e alertando sobre a gravidade da doença.