O nostálgico apito, que desde o dia 1º de dezembro vem contribuindo para o sucesso da programação do Luz dos Pinhais: Natal de Curitiba, ainda poderá ser ouvido até esta sexta-feira (15) em várias regiões da capital. A Maria Fumaça Mallet 204, toda iluminada com luzes de LED e decorada com adereços de Natal, encanta moradores de bairros como Cachoeira, Barreirinha, Centro, Cajuru e Capão da Imbuia, que se reúnem no entorno da linha férrea para ver passar a locomotiva movida a vapor. “Nunca tinha visto nada tão bonito. Já acompanhei quatro vezes o trem passar, aqui perto de casa, no Cajuru, e espero ver ainda mais uma vez”, afirmou professora Ana Carolina Gimenez Molina Ribas, 36 anos, que assistiu às passagens sempre acompanhada do filho, Davi, de 2,5 anos.

Na quarta-feira (13), o prefeito Rafael Greca a Maria Fumaça Mallet 204 e fez um passeio entre a sede da concessionária de trens Rumo, empresa responsável por oferecer esta atração natalina em Curitiba, e a Rodoferroviária, no Centro. “É realmente uma viagem no tempo e eu não poderia deixar de agradecer à concessionária Rumo por resgatar esta atração tão lúdica e encantadora, que torna o Natal de Curitiba ainda mais mágico”, salientou Greca, que fez o passeio acompanhado do presidente da Rumo, Júlio Fontana Neto.

Depois de 40 anos, a Maria Fumaça Mallet 204 voltou a passar nas ferrovias paranaenses como parte das celebrações do Natal. Segundo o presidente da Rumo, a repercussão da atração ultrapassou o esperado. “É muito bonito ver famílias inteiras da capital acompanhando a passagem da Maria Fumaça”, frisou o executivo. A locomotiva foi restaurada pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) em parceria com a Rumo e é a única do clássico modelo Mallet 204 em circulação na América do Sul. Desde abril deste ano, a Maria Fumaça estava em Rio Negrinho (SC), onde realizou passeios turísticos.

Embora a locomotiva tenha dois vagões livres, não é possível embarcar na composição, que circula sempre a partir das 17h ou 19h. Para saber a hora exata é preciso ficar atento ao apito característico da locomotiva movida à madeira – eucalipto de reflorestamento – e água. A Rumo alerta, porém, para medidas de segurança, como respeitar uma distância mínima da linha do trem e não parar veículos nas proximidades. No próximo sábado, a Maria Fumaça Mallet 204 segue para o Litoral, onde fará viagens por Morretes e Paranaguá.

Maria-fumaca-2

Homenagem

Ao fim do passeio da Maria Fumaça Mallet 204, o prefeito acompanhou uma homenagem feita pela ABPF ao presidente da Rumo, Júlio Fontana Neto. Uma locomotiva de 1954, também restaurada pela associação, recebeu o nome do executivo. Também participaram do passeio e da homenagem o vice-presidente da Recursos Humanos da Rumo, Eduardo Pellegrina; a coordenadora de Comunicação e Relações Sociais, Carmen Maron; e o administrador da Regional Cajuru, Márcio José Nunes.

Programação

Até sexta-feira (15), o roteiro da Mallet 204 começa na Sede da Rumo (Rua Emílio Bertolini, 100, Vila Oficinas, Cajuru) e segue os trajetos:

Dia 14 ( quinta-feira)

– Sede da Rumo – saída às 17 horas

– Cajuru

– Vila Betel

– Capão da Imbuia

– Jardim Botânico

– Rodoferroviária

– Cristo Rei

– Alto da XV

– Boa Vista

– Barreirinha

– Cachoeira

– Retorno Vila Oficinas

Dia 15/12 (sexta-feira)

– Sede da Rumo – saída às 19 horas

– Vila Betel

– Cajuru

– Capão da Imbuia

– Estância Pinhais (Pinhais)

– Centro (Pinhais)

– Retorno Vila Oficinas