Um homem, de 30 anos, foi atropelado por um trem na madrugada deste sábado (18), no Cajuru, em Curitiba, e morreu após não resistir aos graves ferimentos nas pernas. Informações no local apontam que o homem estaria dormindo nos trilhos. O maquinista de uma composição férrea com 80 vagões, da empresa Rumo, que estava no sentido Curitiba-Paranaguá, teria percebido a presença dele, tentado frear, mas não houve tempo para o trem parar. O acidente ocorreu por volta das 3h30, no cruzamento da linha férrea com a Avenida Florianópolis.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Socorristas do Siate foram até o local para atender a vítima, que estava com muito sangramento por causa de ferimentos graves nas duas pernas. Segundo a Polícia Militar, apesar da tentativa de socorro, o homem morreu na ambulância, durante o deslocamento para ao Hospital Cajuru. Até a manhã deste sábado, a identificação da vítima ainda não havia sido divulgada.

+ Leia mais: Homem morre atropelado na BR-277, antes de chegar à casa noturna com amigo

Em nota, a Rumo se limitou a dizer que a circulação de pessoas em área operacional da concessionária é proibida. A empresa diz, ainda, que realiza campanhas frequentes para alertar a população sobre os cuidados com a ferrovia. “A travessia de pessoas só deve ocorrer nos locais sinalizados, onde há segurança”, diz a nota.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Jovem é morto com 14 tiros na cabeça ao cumprimentar ‘conhecidos’ em um carro