Dados sobre o número de casos confirmados pelo novo coronavírus em Curitiba e as medidas tomadas pelo município foram divulgados na tarde desta quinta-feira (26) pela Secretaria Municipal da Saúde, em boletim transmitido pelo Facebook. Participam da transmissão o prefeito Rafael Greca (DEM), a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak e a médica infectologista Marion Burger. De acordo com o novo boletim, Curitiba tem 66 casos confirmados de novo coronavírus.

LEIA MAIS – Perda de olfato pode ser um dos sintomas do coronavírus; Entenda

BOLETIM SOBRE O CORONAVÍRUS ⚠

BOLETIM SOBRE O CORONAVÍRUS ⚠Acompanhe ao vivo o boletim de informações sobre o coronavírus, com o prefeito Rafael Greca, a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, e a médica infectologista Marion Burger. Tradução em Libras por Sônia de Paula.

Posted by Prefeitura de Curitiba on Thursday, March 26, 2020

Aumento

Com os 66 casos de Covid-19 confirmados pela Secretaria Municipal da Saúde, Curitiba teve um aumento de 10 casos em relação ao dia anterior. Do total de infectados, 14 pacientes já se recuperaram. Ainda são investigadas 175 suspeitas da doença e 293 foram descartadas.

LEIA AINDA – Paraná confirma mais nove casos de coronavírus e infectados vão a 106

Ainda de acordo com a secretaria, 77% dos casos são leves, tratados com isolamento domiciliar. Quinze pessoas precisaram de internamento por causa da Covid-19 até agora, mas, atualmente, apenas 4 seguem internadas, duas delas em estado grave.

Um dos casos graves ainda é o do médico da UPA do Boqueirão, Jamal Bark; o outro é de um homem de 49 anos que também está na UTI.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: