Os moradores do prédio no bairro Água Verde, em Curitiba, onde um apartamento explodiu durante um serviço de impermeabilização de sofá vão poder voltar para suas casas três semanas após o acidente que resultou na morte de um menino de 11 anos e deixou outras três pessoas feridas. De acordo com o jornal Boa Noite Paraná, da RPC, a Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (COSEDI), da prefeitura, liberou o retorno aos apartamentos entre o 1º e 5º andar. O andar em que aconteceu a explosão, contudo, segue interditado.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

A volta para casa deve acontecer ainda durante a manhã deste sábado (20), três semanas após o acidente. As portas dos imóveis e também dos elevadores tiveram que ser consertadas. Já os moradores do sexto andar, onde ficava o apartamento que explodiu, vão ter que esperar por mais, já que parte da estrutura terá que ser totalmente refeita.

+ Leia mais: Técnico diz que avisou que fogão não poderia ser ligado, antes da explosão

Mulher taxista é agredida a socos por motorista de aplicativos em Curitiba