Um crime assustou quem mora da Rua Valdemiro Valaski, no bairro Rio Pequeno, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na madrugada deste domingo (10). Depois de ouvirem muitos tiros, vizinhos saíram para a rua e encontraram o corpo de Jailson Tadeu Florentino, de 53 anos. De acordo com a Guarda Municipal, que deu o primeiro atendimento, ele foi baleado aproximadamente 14 vezes.

O crime aconteceu por volta de 1h40. A Polícia Militar (PM) contou que os moradores ouviram os tiros, mas não viram como os atiradores fugiram. A arma usada no assassinato foi uma pistola calibre 9 milímetros.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Segundo a GM, Jailson tinha antecedentes criminais. A Tribuna do Paraná, inclusive, noticiou sua prisão em 2006, quando foi acusado de abastecer com drogas, principalmente crack, a região central de Curitiba. Na época, Jailson estava sendo monitorado e foi detido seis meses depois de sair da prisão, onde cumpriu pena por homicídio.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Além da GM, uma equipe da Polícia Militar (PM) também foi ao local. O crime, para os policiais, pode se tratar de um acerto de contas. O assassinato é investigado pela Delegacia de São José dos Pinhais, que recebe denúncias através do telefone (41) 3299-1500.

Bombeiros só podem tomar três garrafas de água mineral por dia no litoral