Frustrado na tentativa de reatar o relacionamento com a ex-companheira, com quem tem um filho pequeno, o domador de cavalos Antônio Carlos Weber, 25 anos, atacou Angeliza Roselei Bagestan, 26, com um estilete e a feriu no pescoço, dentro de um restaurante do Bairro Alto, durante o almoço de ontem. De acordo com o inquérito instaurado na Delegacia da Mulher, o casal se encontrou para discutir a guarda do filho, mas Antônio tentou convencê-la  a ir morar com ele no Rio de Janeiro, onde alegou ter arranjado emprego novo.

“Com a resposta negativa, ele passou o estilete no pescoço dela. Testemunhas já tinham chamado a polícia por causa da discussão iniciada minutos antes. Policiais militares capturaram Antônio e uma equipe do Samu atendeu Angeliza, que foi levada ao Hospital Cajuru, mas fora de risco de morte”, explicou a delegada Iara Laurek Dechiche.

Depoimento

Antônio prestou depoimento e alegou que estava conversando tranquilamente. “Ele disse que a mulher mudou de humor repentinamente e passou a agredi-lo verbalmente. Por isso a teria atacado. Entretanto, tinha ido ao local com o estilete no bolso”, ressaltou a delegada. Os dois viveram juntos por alguns anos, mas estavam separados há certo período e Angeliza já estava se relacionando com outro homem.

Policiais da delegacia foram até o hospital ouvir a versão dela. Antônio ficou na carceragem da delegacia e foi autuado por tentativa de homicídio. Hoje ele deve ser transferido para o Centro de Triagem II, em Piraquara.