Um alento para a falta de leitos pediátricos no sistema de saúde de Curitiba: na próxima sexta-feira (14), o Hospital Evangélico Mackenzie, no Bigorrilho, inaugura uma nova ala de leitos destinados exclusivamente para crianças. Com cem vagas, das quais dez são de UTI, o atendimento para a população vai começar na segunda-feira (17). Atualmente, o Evangélico Mackenzie conta com 31 leitos.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

De acordo com o diretor-geral do Hospital Evangélico Mackenzie, o médico Rogério Kampa, o aumento da ala pediátrica é justamente para atender a um pedido da prefeitura de Curitiba. “Esses leitos serão justamente uma retaguarda para as UPAs [Unidade de Pronto Atendimento]. Estamos atendendo a um pedido do prefeito Rafael Greca para aumentarmos os leitos pediátricos”, reforça Kampa.

O diretor-geral explica que cerca de 70% dos leitos da nova ala serão destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Ou seja, crianças que recebem primeiro atendimento nas UPAs e, caso precisem de internamento, serão encaminhadas para o Evangélico Mackenzie.

+Leia também: Homem pendurado em fiação de luz deixa bairro inteiro sem energia em Curitiba

“Temos o compromisso de manter e ampliar o atendimento do SUS em qualidade e quantidade”, reforça Kampa. Para que a nova ala de pediatria funcione, o Evangélico Mackenzie vai reforçar também o quadro de médicos. Inicialmente, dez pediatras irão atender no local e mais dez serão contratados.

Pequeno Príncipe

O sistema pediátrico da capital passa por dificuldade. No começo de maio, a emergência do Hospital Pequeno Príncipe (HPP), referência no atendimento pediátrico, foi fechada para atendimento do SUS por excesso de procura. Em alguns casos, a espera no HPP chegava a 7 horas, o que criou um caos dentro da unidade.

Cheia de dívidas, tradicional autoescola fecha e deixa alunos na mão em Curitiba