A pandemia de novo coronavírus segue com índices em elevação em Curitiba. Nesta sexta-feira (13), mais 749 casos e cinco mortes foram confirmados na cidade, que atingiu 58.633 habitantes infectados e 1.553 mortos pela covid-19, segundo registros feitos desde março deste ano. No entanto, 51.774 pessoas – que representam a maior parte dos pacientes que testaram positivo, já estão recuperadas.

LEIA MAIS – Festas de fim de ano podem levar Curitiba à segunda onda de covid-19, avalia prefeitura

De acordo com o boletim epidemiológico desta sexta-feira, a capital paranaense possui atualmente 5.306 casos ativos. Número que é cerca de 6,03% superior aos 5.004 casos em fase ativa registrados na quinta-feira (12) e também maior que a média divulgada há sete dias pela Secretaria Municipal de Saúde, quando 4.137 pacientes ofereciam o risco de retransmitir o vírus Sars-Cov-2.

LEIA AINDA – Bandeira laranja em Curitiba depois das eleições é fake news, alerta prefeitura

Com relação às mortes, os óbitos diminuíram e são hoje a metade do número divulgado no informe do dia anterior, que contava com 10 vítimas fatais. Mas o índice de casos confirmados apresentou novo aumento nesta sexta, em comparação com o último boletim, que relatava 703 novas ocorrências da doença.

Mortes por covid-19

Entre as novas vítimas da covid-19 estão mais três homens e duas mulheres, que tinham entre 48 e 85 anos. Das cinco mortes recentes, duas aconteceram nas últimas 48 horas, como informa a SMS. Ainda segundo a pasta, todos estes pacientes que faleceram estavam internados e tinham fatores de risco para complicações causadas pela doença.

Nos hospitais

Nesta sexta-feira, estão ocupados 76% dos 283 leitos de UTI exclusivos para covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS), em Curitiba. Mas a cidade ainda tem disponíveis 67 leitos de UTI na rede pública, como informa a SMS.

Estes leitos exclusivos para covid-19 podem receber os pacientes com diagnóstico confirmado de infecção por coronavírus ou com quadro de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), reforça a secretaria.